Por uma vida mais simples

01/02/2016

 

O livro “Por uma vida mais simples” do professor universitário André D’Angelo, lançado em 2015, relata histórias de pessoas que promoveram mudanças em suas vidas em prol de simplicidade e qualidade de vida.

 

A expressão pode não ser de todo familiar, mas “simplicidade voluntária” traz, em sua essência, uma máxima bem conhecida: menos é mais. Na contramão do consumismo, um número cada vez maior de pessoas está, aos poucos, questionando o próprio estilo de vida, pensando menos no acúmulo de bens e mais na satisfação pessoal. Voluntariamente, elas optam pela simplicidade

e por viver experiências mais gratificantes.

 

Por uma Vida Mais Simples apresenta uma síntese histórica da ideia de simplicidade e de como, a partir dela, amadureceu o atual conceito de simplicidade voluntária. Para tanto, o autor conduz o leitor em um tour que parte da filosofia grega, passando pelo ascetismo religioso, pelas concepções de Henry Thoreau até chegar ao pensamento contemporâneo, norteado pelas profundas transformações no modo de vida desde o início do século 20.

 

O livro também narra histórias de pessoas que, em algum momento, se viram descontentes com a vida que levavam, desconfortáveis em meio à abundância material e à ausência de significados. E decidiram mudar. Seja alterando pequenos hábitos, seja por meio de uma mudança radical, os voluntários da simplicidade contam como encontraram na parcimônia e na modéstia o sentido para uma vida mais leve e feliz.

 

Nota publicada no jornal Bem Estar, nº 150, Fevereiro/2016

 

 

 

Share on Facebook
Please reload

© 2017 André D'Angelo - Criado pela Balz Comunicação.