Assistir propaganda pode render um dinheirinho

02/02/2011

Anúncios no seu celular em troca de bônus para ligações. Que tal?

 

 

Já está em funcionamento nos EUA e no Japão um sistema que envia anúncios comerciais a usuários de celular pré-cadastrados. Esses anúncios, em formato de vídeo, são recebidos pelo consumidor no seu aparelho; uma vez ele dê o play e rode o anúncio na íntegra, recebe, em troca, créditos para ligações ou um desconto na próxima conta. Na prática, o consumidor é pago para assistir - ou, ao menos, para fazer rodar em seu celular - um anúncio publicitário.
 
É improvável que o sistema chegue ao Brasil tão cedo, por diversos motivos. O principal é que os telefones dos brasileiros ainda são muito simples e não comportam imagens. Além disso, muitos brasileiros são clientes de mais de uma operadora, de modo que não haveria garantia de que o consumidor estivesse 'conectado' à operadora remetente do anúncio no momento do envio do comercial.
 
Independentemente disso, o que chama a atenção é o que está por trás da iniciativa: o de que está mais difícil chamar e prender a atenção do consumidor para a publicidade, de modo que a alternativa extrema talvez seja pagar para ele assisti-la.
 
Não deixa de ser a evolução do que temos observado na propaganda nas últimas décadas. Primeiro, os comerciais eram inseridos nas mídias convencionais: rádio, jornal e TV. Depois, invadiram espaços menos óbvios, como cinemas e shows. Daí para estabelecimentos comerciais e para o próprio espaço público, foi um pulo. Tudo na intenção de conseguir, ainda que por alguns segundos, a atenção de um consumidor saturado de mensagens.
 
O mobile marketing consentido em troca de vantagens é um recurso adicional na luta por chamar a atenção. Porém, não garante que a postura do consumidor em relação às mensagens publicitárias continue marcada por um certo enfado e desconfiança.
 

Share on Facebook
Please reload

© 2017 André D'Angelo - Criado pela Balz Comunicação.